fbpx
+55 (45) 99984-7611 contato@farmin.com.br

dupla aptidão: carne e leite. Foram introduzidos no Brasil em meados de 1927 e facilmente se adaptaram ao ambiente tropical, exceto nas regiões úmidas. São largamente encontrados na Bahia, Pernambuco, Piauí e Ceará, assim como em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O Estado de São Paulo possui um dos plantéis geneticamente mais apurados do Brasil, mas é na região Nordeste que se encontra o maior volume de animais e criadores. Trata-se de uma raça de caprinos muito utilizada em cruzamentos, visando sempre a obtenção de animais cada vez mais aptos à produção de leite e carne. Além de alta prolificidade e rusticidade, a raça de caprinos Anglo Nubiana é capaz de parir crias fortes e saudáveis, mesmo diante das adversidades da natureza, como as estiagens prolongadas. A produção leiteira das cabras Anglo Nubianas varia, em média, de 2 a 4 litros por dia. Quando comparado à produção das raças com aptidão apenas leiteira, pensa-se ser pouco, no entanto, seu leite apresenta alto teor de gordura e sólidos totais em cada litro ordenhado. No que diz respeito à produção de carne, cabritos com 28 kg/vivo, atingidos entre 75-90 dias de criação em regime de campo, já podem ser abatidos. Por estas características, ela é considerada de aptidão dupla. Como se não bastasse, a Anglo Nubiana também oferece ao produtor um couro de excelente qualidade e adapta-se a todos os sistemas de criação, seja extensivo, semiconfinado e confinado.]]>